quinta-feira, 17 de junho de 2010

2161) A reza dos ladrões (10.2.2010)



Uma das imagens marcantes de 2009 foi a reza dos ladrões em Brasília, a reza dos políticos e empresários envolvidos no chamado “escândalo do panetone” patrocinado pelo governador Arruda, do Distrito Federal. Passou em todos os telejornais, ganhou o mundo (vi imagens com a repercussão na imprensa de alguns países, via Internet). Depois de receber o dinheiro da propina, repassado pelo secretário Durval, os corruptos reúnem-se no meio da sala e um deles diz: “Vamos orar, irmãos”. Formam um círculo, passam os braços sobre os ombros uns dos outros, e aí começa. Vejam aqui: http://www.youtube.com/watch?v=69vMNGZ79UY.

Para muita gente que escreveu a respeito disto na imprensa, é a maior demonstração de hipocrisia que se viu nos últimos tempos. Eles rezam agradecendo a ajuda de Deus “que trouxe Durval para ajudá-los”. Durval, ironicamente, é o cara que lhes repassava o dinheiro – e que filmava tudo, com uma câmara oculta.