quinta-feira, 3 de junho de 2010

2115) O soneto azul (18.12.2009)



(Carlos Pena Filho)

É talvez o soneto mais famoso de um grande poeta que hoje anda quase esquecido. Carlos Pena Filho era um dos poetas mais elogiados por meu pai. Foi um desses muitos poetas brasileiros que morreram jovens (31 anos) mas deixaram pelo menos uma dúzia de poemas que provavelmente serão p