sexta-feira, 8 de maio de 2009

1019) Sofre, Brasil! (22.6.2006)



Nossas vitórias pouco convincentes nos primeiros jogos (1x0 na Croácia, 2x0 na Austrália) eram de se esperar, depois da badalação que cerca a Seleção desde o ano passado: “favoritismo”, “quadrado mágico”, etc. e tal. Nenhum grupo de jogadores, por mais profissionais e pés-no-chão que seja, fica imune a tanta adulação, tanto oba-oba. Paciência. Faz parte da nossa cultura contar com o ovo no cu da galinha, comemorar por antecipação vitórias ainda não obtidas, falar com intimidade de “canecos” e “estrelas” que estão sendo disputados com unhas e dentes por outros 31 times, dos quais uns cinco ou seis têm reais condições de derrot