domingo, 15 de fevereiro de 2009

0806) Canções de guerra (18.10.2005)




(Auguste Pinelli, "Rouget de Lisle compondo a Marselhesa")

Toda noite, na novela América, ouço alguém cantando: “Um poema ainda existe, com palmeiras, com trincheiras, canções de guerra, quem sabe canções de mar, ay, hasta te comover...”